O País – A verdade como notícia

Governo investe 25 milhões na construção de três unidades sanitárias na Zambézia

Os novos centros de saúde, com as respectivas maternidades, acabam de ser construídos nas localidades de Missal e Bajone, no distrito de Mocubela e Vila Valdez no distrito da Maganja da Costa.

António Amilage, líder comunitário, narra o sofrimento pelo qual a população passava para encontrar os serviços básicos de saúde. “Sofríamos muito para encontrar um hospital. Muitas vezes tínhamos que andar mais de 30 quilómetros para ter acesso ao atendimento hospitalar. E nessas vezes nossos compatriotas morreram. As mulheres grávidas davam partos em casa, outras ao longo da estrada, contra todo o tipo de risco”, disse.

Apesar de já ter sido construído o hospital na sede da localidade, o referido líder pede que, também, sejam construídos bancos de socorros em alguns povoados para facilitar a vida das comunidades.

O governador da Zambézia, Pio Matos, inaugurou as infraestruturas e referiu, na ocasião, que o grande pilar da governação na província é prover condições básicas para a saúde da população.

“Sabemos que construir hospitais, de uma só vez, para todos os locais não será possível, mas estamos certos que tudo faremos para que a nossa população tenha hospital e pessoal médico qualificado. Estamos, igualmente, conscientes das necessidades não só de hospitais como, também, de água e expansão de energia eléctrica”, disse o timoneiro da província.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos