O País – A verdade como notícia

Governo impulsiona produção de peixe em cativeiro

O Governo está a expandir o programa de financiamento da pesca artesanal e de criação de peixe em cativeiro, para melhorar a renda dos envolvidos e promover o aumento do consumo do peixe.

O programa “Mais Peixe Sustentável” é uma iniciativa do Governo através do Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas, que compreende a duas componentes – financiamento da pesca artesanal para melhorar toda a cadeia de valor que vai da pesca à comercialização e outra que tem a ver com o financiamento de empresas de criação de peixe em cativeiro.

Na primeira fase, beneficiou mais de 1200 envolvidos directamente, nas províncias de Sofala, Zambézia e Nampula. No posto administrativo de Namaíta, distrito de Rapale, em Nampula, o Primeiro-Ministro, Adriano Maleiane, visitou uma das empresas que se beneficiaram do financiamento.

 “Esperamos que a experiência do empreendimento da empresa vocacionada para a produção comercial de Tilápia em gaiolas flutuantes que visitamos, hoje, em Namaíta, sirva de inspiração no desenvolvimento de negócio no domínio das pescas. Apelamos para que a pesca e a aquacultura, em toda a sua cadeia de valor, como uma oportunidade para criar novos negócios tais como produção de ração, gaiolas, processamento e comercialização do pescado, entre outros”, disse Maleiane.

Com base nos resultados da primeira fase, o “Mais Peixe Sustentável” está a ser expandido para as províncias de Manica, Tete, Niassa e Cabo Delgado, para adicionar às primeiras três da primeira fase.

Com a implementação da segunda fase deste programa, pretendemos consolidar os ganhos até aqui consolidados e expandir a abrangência em termos de províncias e do número de beneficiários, o que poderá contribuir para a dinamização e transformação pesqueira no nosso país”, referiu o Primeiro-Ministro.

Espera-se, nas duas fases, cobrir 4000 pescadores e 16 empresas de aquacultura.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos