O País – A verdade como notícia

Governo desactiva alerta vermelho no Centro

Abrandamento das chuvas e a melhoria registada nas albufeiras nacionais, o Governo decide desativar o alerta vermelho nas regiões afectadas pelo ciclone Idai

Face ao progresso que se regista a nível das bacias hidrográficas, com o abrandamento das chuvas, o governo decidiu desativar o alerta Vermelho nas zonas afectadas pelo Ciclone Idai. A informação foi avançada esta terça- feira durante a 15ª sessão do Conselho de Ministro.

Segundo Ana Coamana, Porta-voz do Governo, “O executivo Moçambicano vai continuar a monitorar a situação no terreno, apoiando na assistência alimentar com ajuda de parceiros, como o PMA, Programa Mundial da Alimentação. E vai igualmente manter as medidas e saneamento e distribuição de material higiénico, talhões e a reposição em de infra-estruturas, da rede eléctrica e das vias de acesso”.

Em termos de impacto o ciclone Idai, afecto 1.622 e 483 pessoas e provocou 603 óbitos. E o Kenneth que atingiu as províncias de Cabo Delgado e Nampula afectou 249.948 pessoas tendo provocado 43 mortes.

Apesar das adversidades que o país viveu nos últimos tempos, caracterizado por ciclones, e cortes no financiamento externo, o executivo moçambicano mostra se optimista quanto ao relatório de grau de execução orçamental do primeiro trimestre do ano em curso que mostra um crescimento significativo.

“A execução orçamental esta a um ritmo equilibrado relativamente ao ano de 2018. De ponto de vista de receitas foram arrecadadas ate aqui 49.181,6 milhões de meticais contra 46.298,3 por cento do ano passado, isto significa um crescimento neste período de 6,4 por cento”, avançou a Ana Coamana.

Em relação às despesas foram realizadas 60.280,6 milhões de meticais contra 54.317,8 por cento que corresponde a um crescimento de 7,3 por cento

Na sessão do Conselho de Ministros, o executivo moçambicano Aprovou igualmente, o decreto que aprova o estatuto Orgânico da agência Nacional de Energia Atómica, resolução que ratifica o acordo de Cooperação no domínio dos assuntos do Mar entre o governo da Moçambique e o Governo da Republica Portuguesa e apreciou o relatório relativo ao processo de promoções, progressões e mudanças de carreira na Função Pública.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos