O País – A verdade como notícia

Governo da Zambézia preocupado com incumprimento do uso da máscara

O governador da Zambézia, Pio Matos, mostrou-se preocupado com incumprimento das medidas impostas no contexto da Situação de Calamidade Pública para conter a propagação do novo Coronavírus. A secretária de Estado defendeu o envolvimento de todos no combate da pandemia.

Nos mercados da cidade de Quelimane é notório o incumprimento do distanciamento entre as pessoas durante a compra de produtos. Outros citadinos fazem-se à via pública sem máscaras de protecção do nariz e da boca contra o novo Coronavírus.

Sobre o facto, os timoneiros da Zambézia reagiram, esta quarta-feira, na Praça dos Heróis em Quelimane, onde houve deposição de flores por ocasião do 03 de Fevereiro, Dia dos Heróis Moçambicanos. O governador da Zambézia reiterou a necessidade de haver responsabilidade para evitar a infecção de mais pessoas pela pandemia da COVID-19.

“Felizmente não temos muitas mortes” devido à COVID-19 na província, “mas lamentavelmente a contaminação continua a subir”, considerou o dirigente.

“Temos que reconhecer que a subida de casos da pandemia na nossa província é por causa do nosso desleixo. Temos que mudar de atitude, temos que ser compreensivos. Nos mercados, nos locais de aglomeração, nos transportes públicos e mesmo nos nossos afazeres do dia-a-dia, temos que mudar de atitude se queremos, de facto, preservar a nossa vida”, disse Pio Matos.

Já a secretária de Estado da Zambézia, Judith Mussácula, que orientou as cerimónias alusivas ao Dia dos Heróis Moçambicanos, referiu que no combate à pandemia da COVID-19 é fundamental o envolvimento de todos.

“Vamos todos continuar a apoiar a nossa população, continuar a difundir as recomendações” emanadas pelo Governo, afirmou Judith Mussácula.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos