O País – A verdade como notícia

Governo cria centro para mulheres desenvolverem habilidades de auto-emprego

Moçambique vai contar com o primeiro Centro de Empoderamento da Mulher e Rapariga. A informação foi avançada, hoje, pela ministra do Género, Criança e Acção Social, Nyeleti Mondlane, no âmbito da assinatura do memorando de entendimento entre o sector do género e o Governo irlandês que se comprometeu a financiar o projecto.

Trata-se do primeiro centro criado para o empoderamento da mulher e rapariga, localizado na província de Maputo, distrito de Manhiça. Um projecto que deve beneficiar mulheres moçambicanas na formação para criação de auto-emprego.

“O memorando de entendimento entre o Governo de Moçambique e a Embaixada da Irlanda, que hoje assinamos, contribuirá para conclusão da primeira fase de criação de condições para o funcionamento do centro de empoderamento da Mulher”, disse Nyeleti Mondlane, ministra do Género, Criança e Acção Social.

Por sua vez, o Governo irlandês destacou a importância desta parceria com Moçambique e prevê resultados significativos.

“Esta parceria, que estamos a formalizar, representa uma importante contribuição do Governo da Irlanda aos esforços de Moçambique para o empoderamento das mulheres e raparigas em situação de vulnerabilidade. Investir no empoderamento social e económico das mulheres e raparigas impulsiona, sem dúvida, desenvolvimento”, apontou Nuala O’Brien, embaixador da Irlanda em Moçambique.

Segundo a directora nacional do Género, Lídia Chongo, o centro terá como princípio capacitar mulheres para tomada de grandes decisões, criação de negócios e eliminar a desigualdade de género que ainda é um problema em Moçambique.

“Este espaço vai permitir que algumas mulheres participem nos cursos de capacitação, sendo que, depois da formação, vão beneficiar-se de kits para iniciarem os seus negócios”, informou Lídia Chongo, directora nacional do Género

De acordo com o Ministério do Género, Criança e Acção Social, esta iniciativa deve abranger todos os distritos do país, sendo que a especificação das áreas vai depender das potencialidades de cada um.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos