O País – A verdade como notícia

Governo considera bastante encorajador o nível de implementação do PQG

O nível do cumprimento do Plano Quinquenal do Governo (PQG) supera os 60 Por cento. A informação foi revelada pela porta-voz do Conselho de Ministros, Ana Comuana, no final da 37 sessão daquele órgão.

O Conselho de Ministros que reuniu durante dois dias em Maputo, com a inclusão dos governadores provinciais tinha como tema de fundo a avaliação da implementação das recomendações deixadas pelo Presidente da República, a quando das visitas que efectuou as províncias.

“ Dos 91 indicadores de avaliação do desempenho do PQG 2015-2019, até ao terceiro trimestre de 2018, 61 por cento registaram um bom progresso, dos quais 20 atingiram a meta do quinquénio “afirmou a porta-voz do Conselho de Ministros acrescentando que todos os sectores mostram um esforço na programação e execução das acções definidas pelo Governo para o alcance dos objectivos plasmados no PQG.

No concernente as recomendações do Presidente da República aos governos provinciais emanada em carta, a porta-voz diz que o seu nível de implementação impulsiona o desenvolvimento das províncias.

“Dentre as recomendações desta carta, destaca-se a preparação adequada no âmbito da monitoria e assistência a resposta durante a época chuvosa, a necessidade de replicar algumas experiências consideradas de sucesso, por exemplo, no âmbito da construção de sistemas de abastecimento de água multi-funcionais da província de Gaza e, todas restantes províncias, a necessidade de apoiar e acompanhar os projectos de investimento, de modo a acarinhar os investidores para que implementem os seus projectos com sucesso de modo a produzir renda e empregos” disse Ana Comuana.

Comuna disse ainda constarem das recomendações do Presidente da República a necessidade de melhorar e monitorar as acções de governação a todos níveis, priorizando as acções de formação, bem como a de se assegurar uma cultura de transparência e prestação de contas e controlar a contratação e a execução efectiva das obras, a implementação de medidas de controlo e prevenção de doenças endémicas, a adoção de soluções praticas no domínio da comercialização entre outras.

Ainda nesta sessão o Governo analisou a visita do Presidente da República a Quénia, tendo concluído que a mesma foi positiva devido aos diversos instrumentos de cooperação assinados entre os dois países.

 

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos