O País – A verdade como notícia

Governo apela a funcionários públicos para voltarem a zonas afectadas por terrorismo

O Governo garante que serviços básicos, como água, energia, educação e saúde, já começaram a funcionar em alguns distritos que foram alvo de ataques em Cabo Delgado, graças ao regresso voluntário de funcionários públicos. A informação foi avançada, hoje, por Ana Comoana, ministra da Administração Estatal.

As incursões terroristas em alguns distritos de Cabo Delgado provocaram a saída em massa de funcionários públicos, que se refugiaram para pontos considerados seguros. Com a intervenção militar e consequente recuperação de algumas zonas que estavam sob domínio dos terroristas, os serviços básicos tendem a retomar.

“Estamos a falar dos distritos de Mocímboa da Praia, Quissanga, Palma. De Nangade e Moeda, o dado que temos é que não houve saída de funcionários; a Muidumbe estão a regressar. O que quer dizer que isso está a acontecer em distritos onde, até há um ano ou a seis meses, era impossível pensar em aconselhar a população a retomar às zonas de origem”, iniciou Ana Comoana, para depois acrescentar que “tivemos, em primeiro lugar, os dirigentes no local e, depois, os funcionários também começaram a regressar. É um movimento animador. Estivemos lá, vimos o funcionamento dos centros de saúde, testemunhamos a reabertura de escolas e de outros serviços. Felizmente está assegurada a energia para todos os distritos. É certo que há trabalhos a completar em Muidumbe. Todos os distritos têm água, não obstante haver trabalhos que devem ser concluídos em Quissanga, para que haja condições mínimas de sobrevivência”, referiu.

Ana Comoana diz que o Governo já começa a apelar aos funcionários para regressarem aos locais onde haja população considerável. “Trata-se de um retorno voluntário, não é obrigatório, mas, naturalmente, nós fazemos a sensibilização a esses funcionários, porque onde há população é necessária a presença do funcionário público”, terminou.

A governante falava, hoje, à margem do II Fórum Urbano Nacional.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos