O País – A verdade como notícia

Gonçalo Mabunda expõe na cidade de Milão

O escultor Gonçalo Mabunda expõe 18 peças de escultura em metal na cidade de Milão, em Itália. As obras podem ser visitas de forma virtual até 3 de Abril.

 

Milão não é uma cidade desconhecida para Gonçalo Mabunda. Em 2010, o artista foi distinguido com o Prémio Especial da Cultura de Milão. Em Itália, a sua obra também mereceu outra consideração: o privilegio de estar patente no Museu de Vaticano, o que, para o escultor, é especial, afinal demonstra o interesse do povo italiano pelo seu trabalho. Assim sendo, mesmo em tempos de pandemia, o artista moçambicano foi convidado a apresentar 18 peças na Galeria Lis10, numa colaboração com a Galeria Giovanni Bonelli.

Intitulada “Gonçalo Mabunda – Massimo Kaufmann”, a exposição inaugurada no passado dia 18, na rua L. P. Lambertenghi 6 de Milão, estará aberta para visitas presenciais (limitadas) e virtuais. À mostra, o escultor levou um conjunto de obras que retratam o quotidiano moçambicano e o que se passa um pouco por todo mundo neste tempo que considera estranho. Com esse retrato, explicou, Gonçalo Mabunda procura ser um mensageiro. “Sei que não sou um mensageiro, mas procuro ser”.

Na Galeria Lis10, as obras de Mabunda estão expostas com as do italiano Massimo Kaufmann, pois o curador, Giorgio Verzotti, quis combinar as perspectivas criativas dos dois artistas, unindo, assim, escultura em ferro com a exuberância da cor em telas de pintura enormes.

Ora, ao contrário do que tem acontecido, desta vez, em Itália nem todos os cidadãos poderão apreciar presencialmente as obras do moçambicano. Segundo disse Gonçalo Mabunda, esta segunda-feira, apenas os residentes na cidade terão essa possibilidade. Os outros, com efeito, podem garantir a presença na galeria de forma virtual.

A exposição de Mabunda na rua L. P. Lambertenghi 6 de Milão é fruto de uma parceria com a Galeria Lis10, iniciada ano passado.

Com 46 anos de idade, Gonçalo Mabunda já expôs um pouco por todo mundo. Por exemplo, o escultor tem exposições realizadas nos seguintes países: África do Sul, Senegal, Marrocos, Etiópia, Reino Unido, Espanha, Bélgica, França, Países Baixos, Alemanha, Noruega, Tailândia, Emirados Árabes Unidos, Coreia do Sul, Japão, Cuba, Canadá, e Estados Unidos de América.

A mostra “Gonçalo Mabunda – Massimo Kaufmann” foi inaugurada dia 18 deste mês e estará patente até 3 de Abril.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos