O País – A verdade como notícia

Gilberto Mendes “desconfiado” sobre o desaparecimento da relva no ENZ

O Secretário de Estado do Desporto, Carlos Gilberto Mendes, achou estranho o desaparecimento da relva sintética no Estádio Nacional do Zimpeto. A situação veio a público nos últimos dias.

Gilberto Mendes diz que não pode falar com certeza se houve ou não roubo, porque não tem informações da entrada da referida relva sintética. “Posso falar daquilo que entrou. Daquilo que não entrou não posso falar. Se houver alguma prova de que entrou relva sintética nesse número e que depois desapareceu, as instâncias próprias irão tomar contas. Mas acho estranho que eu esteja a ter a informação do desaparecimento dessa quantidade de relva através da comunicação social”, disse Mendes.

Aliás, segundo o Secretário de Estado do Desporto, é estranho que desapareçam quantidades elevadas de material sem que ninguém tenha-se apercebido. Para Gilberto Mendes, que confirmou que foram oito rolos de relva (cada rolo tem meia tonelada), o que perfaz quatro toneladas, “é preciso saber quem é que vende esses materiais para procurarmos saber quem são os clientes e quem pode ter comprado”, ou seja, “não se rouba quatro toneladas como se rouba uma caneta”.

“Se alguém tirou quatro toneladas de relva sintética tem que ter tirado a vista de todos. Não se roubam quatro toneladas em segredo. Então, se ninguém viu, é estranho, muito estranho. Para além de que temos sistema de CCTV no local… é muito estranho”, declara Gilberto Mendes totalmente espantado.

Outrossim, Mendes mostra-se céptico em relação a recepção da própria relva sintética no Estádio Nacional do Zimpeto. Mendes diz que “gostaria de ver a ordem de entrega, de recepção, se entrou mesmo ou não entrou, se foi desviado ou não”.

Mas uma certeza existe: “nós é que desalfandegamos aquele material”, confirma e questiona: “parte daquele material e outro que está na Namaacha, que ficou anos e anos sem ser desviado. O que se passou para ser desviado agora?”

 

POLÍCIA É CHAMADA A TRABALHAR NO ESCLARECIMENTO DO CASO

O Secretário de Estado do Desporto diz que este é um caso que merece a atenção das autoridades competentes. “É uma situação que a Polícia, certamente, irá apurar”.

Aliás, uma questão pertinente é feita por Gilberto Mendes em relação a esta situação: “o “Zimpeto” não leva relva sintética, mas sim relva natural, portanto, para o material estar ali é preciso entender as zonas todas de penumbra que estão a acontecer”.

 

ESCÂNDALO MATA DESPORTO NACIONAL

Gilberto Mendes considera que uma notícia desta natureza, numa altura em que o debate deve ser do futuro do desporto nacional, mata tudo o que até aqui está a ser feito para o desenvolvimento do desporto. “Numa altura em que estávamos a discutir o desporto, em que fizemos um congresso sobre o desporto, lançar uma notícia como esta sobre o desaparecimento da relva sintética, diluindo todo trabalho que foi feito de análise daquilo que é o desporto nacional, só contribui para matar o desporto”, frisou Gilberto Mendes, acrescentado que há um trabalho que está a ser feito para tirar o desporto do ponto em que está e que “temos estado a batalhar para fazer com que haja alguma mudança”, esta situação não abona com o que se pretende.

“Nós discutimos o desporto, discutimos aquilo que são as nossas ideias para o futuro do desporto e aparece uma notícia como esta, sobre o desaparecimento da relva sintética, é muito estranho”, concluiu Gilberto Mendes.

 

“DEIXEMOS O EMPREITEIRO TRABALHAR NO ENZ”

Relativamente à situação do Estádio Nacional do Zimpeto que está a ser alvo de inspecção por parte da Confederação Africana de Futebol, Gilberto Mendes é perentório na sua abordagem e diz que é preciso não pressionar quem está a trabalhar.

“Não vamos pôr pressão, vamos deixar o empreiteiro trabalhar dentro das condições que ele tem. Prometeu que entrega o Estádio Nacional do Zimpeto a tempo e vamos esperar”, esclareceu.

O Secretário de Estado do Desporto diz que trabalha com base nas informações do empreiteiro e não da comunicação externa, por isso “se ele diz que teremos o Estádio pronto a horas, nós fazemos fé nisso e é isso que temos estado a acompanhar, o trabalho que ele faz”.

Para Gilberto Mendes, quando o futebol começar a mostrar resultados haverá mais celeridade nos processos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos