O País – A verdade como notícia

Gestores públicos não declaram património pessoal em Cabo Delgado

Em Cabo Delgado, gestores públicos não estão a declarar o seu Património. Entretanto, para além de ser uma violação a lei, a situação está a dificultar a instrução de processos crimes relacionados com a corrupção, segundo confirmou o Porta voz da Procuradoria provincial, Armando Wilson.

A Procuradoria Provincial de Cabo Delgado, não avança números nem nomes, mas confirmou a existência de vários gestores públicos, que por razões desconhecidas não apresentam declarações de património, exigidas por lei.

A situação é considerada preocupante, entretanto, apesar da flagrante violação da lei, a Procuradoria ainda não começou a tomar medidas punitivas aos gestores públicos que não declaram seus bens.

Segundo a lei 16 barra 2012, de 14 de Agosta, também conhecida por Lei de Probidade Pública, os gestores públicos são obrigados a depositar anualmente, uma declaração do seu património, na Procuradoria Geral da República.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos