O País – A verdade como notícia

Fundo global aplica USD 10 milhões para combater malária na Zambézia

O sector da saúde na Zambézia vai distribuir mais de três milhões de redes mosquiteiras naquela província, numa altura em que os números de óbitos sobem de forma galopante. A distribuição das redes mosquiteiras numa primeira fase vai ocorrer até o próximo dia 30.

Para o efeito foram investidos cerca de 10 milhões de dólares desde a compra das respectivas redes mosquiteiras e toda a logística. O financiamento é do fundo global. A primeira fase vai decorrer em 10 distritos da zona norte da província da Zambézia. Depois da primeira fase, vai seguir a segunda que vai abranger distritos da zona sul da Zambézia.

“Com está actividade queremos distribuir mais de três milhões de redes mosquiteiras e abranger perto de um milhão e meio de famílias”, disse Blayton Caetano, directora provincial da saúde.

Blayton Caetano espera que a situação epidemiológica da malária na Zambézia registe melhorias, uma vez que os casos estão a aumentar o que preocupa o governo provincial.

A título de exemplo, no primeiro semestre do ano em curso, foram diagnosticador mais de um milhão de casos de malária no primeiro semestre deste ano contra pouco mais de novecentos casos em 2019. Em termos de óbitos, houve registo de 69 casos  este ano contra 60 no igual período de 2019.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos