O País – A verdade como notícia

Funcionários do Conselho Autárquico da Matola suspeitos de roubar cofre de dinheiro

Um número não especificado de funcionários do Conselho Autárquico da Matola, na província de Maputo, é suspeito de ter simulado um arrombamento e apoderar-se de um cofre com quantia em dinheiro ainda não especificada. O caso deu-se no Posto Administrativo da Machava.

Segundo explicações colhidas no local do crime, os alegados funcionários simularam arrombamento no edifício e de seguida retiraram o cofre.

De acordo com informações avançadas à reportagem do Jornal “O País”, pelo Comandante da Polícia da República de Moçambique, na província de Maputo, Celso Massinga, há trabalhos avançados visando identificar os funcionários, o cofre e quiçá o dinheiro.

“É uma realidade. Mas ainda está em processo de investigação. Estivemos no local, de facto é uma situação que, supostamente, envolve alguns colegas do Conselho Municipal afectos naquele posto administrativo, mas dentro de poucos dias estará tudo esclarecido” concluiu Massinga.

Segundo o Comandante são vários os casos de roubo naquela autarquia já registados e tendo como autores desses crimes os próprios funcionários. E,  há dois homens que servem como exemplo, uma vez terem sido detidos depois que foram encontrados na posse de diversos equipamentos informáticos. Um dos funcionários estava afecto à vereação das finanças e tinha sido incumbido a responsabilidade de trocar os computadores velhos por novos e não fez.
“Ao invés de levarmos os computadores usados, alocamos a Machava e Infulene e levamos os computadores novos para benefício próprio. Não sei o que sucedeu para que enveredasse por este caminho”.

Enquanto isso, um outro funcionário que estava afecto à vereação da Juventude , Cultura e Desporto, que alegadamente intermediou a venda dos computadores já recuperados está também detido.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos