O País – A verdade como notícia

Frequência de crianças nos mercados preocupa Governo de Manica

A governadora da província central de Manica, defendeu esta segunda-feira, o endurecimento de medidas visando a retirada das crianças nos mercados e ruas como forma de evitar que os petizes sejam contaminados pelo novo coronavírus.

Este posicionamento surge depois de constatar-se que na cidade de Chimoio e noutros pontos da província de Manica é comum ver-se a movimentação de menores nos mercados, uns a comprar e outros a venderem produtos diversos.

“Ainda continuamos a verificar as crianças a venderem nos mercados informais e ruas, o que significa que a nossa PRM deve intensificar o seu trabalho”, disse a governante que defende que os petizes devem ser recolhidos daqueles lugares e chamar-se os seus encarregados para consciencializa-los sobre a perigosidade do Coronavírus.

Francisca Domingos Tomás que falava no habitual encontro semanal do comité operativo de emergência, apelou por outro lado, para a necessidade de maior vigilância de entrada de cidadãos nos distritos que fazem fronteira com países que tem elevados números de casos de coronavírus.

“Também há toda a necessidade de verificarmos uma vigilância cerrada, sobretudo em Tambara que está em contacto com Malawi que tem maiores casos de óbitos pela COVID-19. Maior atenção também deve se observar em relação aos distritos de Manica, Sussundenga, Mossurize e Machaze”, anotou.

No referido encontro, a Polícia foi instada a tomar medidas a um comandante distrital que acusou positivo para o coronavírus e que recusa-se a ficar em casa, fazendo-se ao serviço todos os dias.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos