O País – A verdade como notícia

Frente a frente entre Trump e Biden marcado por acusações e insultos

Um frente a afrente marcado por interrupções, acusações e ataques pessoas. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e seu rival na disputa pela Casa Branca, Joe Biden, trocaram acusações e insultos esta terça-feira durante o primeiro debate entre os candidatos à presidência, escreve a Lusa.

Segundo a Lusa, a ausência do tradicional gesto cordial simbolizou a profunda divisão no país, em contagem regressiva para as eleições de 03 de Novembro.

“Um dos piores debates da história dos Estados Unidos”, foi assim que lguns especialistas classificaram o primeiro frente a frente entre os candidatos às eleições presidenciais.

Joe Biden chegou a perguntar se Trump não calaria a boca em um determinado momento do debate, marcado por diversas interrupções.
Se, por um lado, o actual Presidente dos EUA acusou o rival democrata de “não ter nada de inteligente”, Biden também não hesitou em mandar calar Trump, que chegou mesmo a tratá-lo de “palhaço”.

A pandemia do Coronavírus, que afecta particularmente os Estados Unidos, também serviu de base para acusações entre os candidatos citados pela Lusa.

“40.000 pessoas por dia são infectadas com a COVID-19. O presidente não tem um plano. Ele sabia desde Fevereiro em que medida a crise era séria e que a doença é mortífera. Há gravações onde reconhece que sabia e disse que não avisou a população porque não queria gerar o pânico entre os norte-americanos”, afirmou Joe Biden, candidato presidencial democrata.

“Se lhe tivessemos dados ouvidos a si, teríamos deixado o país completamente aberto e milhões teriam morrido, não 200.000… Uma pessoa já é demasiado. É a culpa da China e nunca deveria ter acontecido”, rebateu Donald Trump.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos