O País – A verdade como notícia

Frelimo reúne com extraparlamentares para troca de ideias

Num encontro que marca uma das suas principais actividades desde que foi eleito secretário-geral da Frelimo, no 11º Congresso do partido, Roque Silva esteve, ontem, frente-a-frente com cerca de 30 partidos extraparlamentares, para aproximação e partilha de ideias. 

O encontro decorreu à porta fechada, mas a imprensa teve alguns instantes para captar imagens. Depois da sessão, Roque Silva deu uma conferência de imprensa, onde explicou que o objectivo da reunião era de criar um ambiente de aproximação e colher ideias sobre os desafios actuais do país.

“Saímos do encontro profundamente satisfeitos, porque sentimos um ambiente de muita abertura dos partidos políticos extraparlamentares, onde, por um lado, saudaram esta iniciativa, que responde a uma das decisões do congresso, mas também responde àquilo que tem sido o discurso do Presidente Nyusi, que tem como ponto principal o facto de as ideias partidárias, sempre que forem a ajudar para o desenvolvimento do país, serem consideradas”, argumentou Roque Silva.

O político referiu que, no encontro, se abordou igualmente a questão da corrupção, tendo os partidos políticos vincado a necessidade de se trabalhar de forma conjunta para o combate ao fenómeno.

Os partidos extraparlamentares, por sua vez, defendem o desenvolvimento do país sem se olhar para cores partidárias. “Somos adversários políticos, mas não somos inimigos, por isso, era lícito que viéssemos aqui ouvir o que nos tinham a dizer. Foi mais um encontro de cortesia”, disse Miguel Mabote, do Partido Trabalhista.

Refira-se que a Renamo e o MDM, partidos da oposição com assento no Parlamento, não participaram no encontro de ontem. O secretário-geral da Frelimo diz que fez um convite para uma data antes, mas tal não aconteceu por motivos de agenda dos três partidos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos