O País – A verdade como notícia

Frelimo quer candidatos às autárquicas com aceitação nas bases

A Comissão Política da Frelimo decidiu, ontem, que o processo interno de escolha dos candidatos para as eleições autárquicas de 10 de Outubro deve ter em conta, para além da sua honestidade e integridade, a sua aceitação no seio das bases do partido.

A decisão foi tomada durante a 11ª sessão ordinária da Comissão Política, que foi dirigida pelo Presidente do partido, Filipe Nyusi, igualmente Presidente da República, na qual se passou em revista a situação política, económica e social do país e do mundo em geral.

“A Comissão Política discutiu, na profundidade, o perfil dos candidatos para as eleições autárquicas de Outubro próximo e foi consensual que no seu processo interno de escolha se deve sobrepor, para além da sua honestidade e integridade, a sua aceitação pelas bases”, refere um comunicado de imprensa citado pela AIM.

Na mesma ocasião, a Comissão Política do partido no poder exortou a todos os cidadãos com idade eleitoral e que ainda não se recensearam, para se dirigirem aos postos de recenseamento. “Só com a regularização deste procedimento é que poderão eleger os dirigentes certos para a direcção dos seus municípios”, lê-se no comunicado.

O órgão máximo da Frelimo pelou ainda os órgãos de administração eleitoral a continuarem a envidar todos os esforços com vista a sanar as dificuldades decorrentes do processo, de modo a que se atinja as metas programadas.

A Comissão Política saudou, igualmente, o Presidente do Partido, por, entre outros feitos, assegurar a continuação do campeonato nacional de futebol da primeira divisão, o “Moçambola”, que corria o risco de ser interrompido por dificuldades financeiras.

Na semana passada, Filipe Nyusi prometeu que o governo iria mobilizar todos os esforços para garantir a continuidade do Moçambola.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos