O País – A verdade como notícia

Frelimo apela para maior vigilância em Maputo para evitar inserção de terroristas

Foto: O País

O partido Frelimo, na província de Maputo, apela às comunidades para estarem vigilantes e denunciar às autoridades a circulação de indivíduos estranhos naquele ponto do país, de modo a evitar eventual fuga e inserção dos terroristas que perdem terreno em Cabo Delgado.

O ministro do Interior, Amade Miquidade, alertou, na última segunda-feira, que a ameaça do terrorismo é extensiva a todo o país, por isso, esta quarta-feira, o primeiro secretário da Frelimo na província de Maputo, Avelino Mutxine, apelou às comunidades para maior vigilância e denúncia a qualquer movimentação estranha de pessoas nos oito distritos da província. “Temos de denunciar para evitar que esses insurgentes se alastram para os restantes pontos do nosso país e criem células aqui, no nosso seio, portanto temos que estar bastante atentos e vigilantes e mais unidos ainda para podermos denunciar qualquer que seja a irregularidade que possa ser tida no nosso bairro.”

Mutxine falava em conferência de imprensa que decorreu na sede do partido na cidade da Matola, onde, para além de jornalistas, participaram órgãos sociais da Frelimo a nível daquela província. Na ocasião, aquela formação política endereçou uma saudação ao presidente do partido, Filipe Nyusi, aos profissionais da saúde e aos militares que estão no Teatro Operacional Norte. “Queremos saudar estes jovens e dizer que eles merecem todo o nosso apoio por manter a coragem que sempre tiveram.”

Refira-se que a província de Maputo será anfitriã do 12º congresso da Frelimo a ter lugar no próximo ano. Por isso, os membros e simpatizantes do partido do batuque e da maçaroca foram também instados a manter coesão.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos