O País – A verdade como notícia

Francisco Noa fala d’O poder da representação na literatura colonial

Francisco Noa vai apresentar, dia 24, uma reflexão sobre o poder e o que vem a ser literatura colonial, a partir da identificação de um conjunto de elementos estéticos que a caracteriza. Na sua abordagem, segundo uma nota de imprensa sobre o evento, o professor universitário e ensaísta irá concentrar-se na última década do colonialismo português no país. De igual modo, Noa vai destacar os principais autores e livros representativos dessa estética.

Intitulada “O poder da representação na literatura colonial: o caso de Moçambique”, a palestra vai durar duas horas, entre às 18 e às 20. A mesma é organizada por duas universidades brasileiras, designadamente: Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e Universidade Aberta do Brasil (UAB).

A palestra ao vivo com Francisco Noa pode ser acompanhada através do YouTube, no canal UAB UNIFESP e, os que desejarem adquirir algum certificado de participação, têm a possibilidade de se inscreverem. Para o efeito, devem fazê-lo pelo site da Proec (Pró-reitoria de Extensão e Cultura) até 20 deste mês.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos