O País – A verdade como notícia

Forças da SADC anunciam morte de líder religioso de terroristas em Cabo Delgado

A Missão Militar da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral em Moçambique (SAMIM, na sigla em iglês) anunciou ter abatido o líder religioso dos rebeldes em Cabo Delgado. O xeique Njile North tinha uma ervanária onde apelava à população para se insurgir.

Segundo o comunicado de imprensa da Missão Militar da SADC, o líder religioso dos terroristas foi morto há uma semana numa operação em que foi destruída a base que liderava em Chitama, distrito de Nangade, que faz fronteira com a Tanzânia. A acção militar levou também à morte de outros 18 terroristas.

Ao xeique é atribuído o nome de registo de Rajab Awadhi Ndanjile, natural da aldeia de Litinginya, nas imediações do distrito de Nangade.

“Foi líder da seita religiosa da Al Sunnah wa Jama’ah”, lê-se no comunicado da SAMIM ao movimento insurgente, considerando-o “determinante no recrutamento e doutrinação de membros do grupo”.

“Acredita-se que Njile North tenha dirigido uma ervanária na sua aldeia, onde aproveitava para persuadir cidadãos comuns a insurgirem-se contra o governo de Moçambique”, detalha a SAMIM em comunicado.

A missão da SADC acrescenta que o xeique “esteve envolvido na orquestração do primeiro ataque [da insurgência] a Mocímboa da Praia, a 5 de Outubro de 2017”, além de “subsequentes ataques terroristas às aldeias, rapto de mulheres e crianças que mais tarde foram transformadas em combatentes terroristas”.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos