O País – A verdade como notícia

FNI empenhado na promoção da pesquisa científica

Foto: FNI

A directora-executiva do Fundo Nacional de Investigação (FNI), Vitória de Jesus, reafirma o compromisso de promover e apoiar financeiramente pesquisa científica, inovação e transferência de tecnologia, considerados alicerces para o alcance dos objectivos do Desenvolvimento Sustentável e, em particular, para a prossecução do Programa Quinquenal do Governo (PQG 2020-2024).

Este pronunciamento foi feito durante o III Seminário Internacional de Investigação Científica e de Divulgação dos Resultados dos Projectos Financiados pelo FNI, evento que serviu de espaço para a partilha e divulgação dos conhecimentos científicos produzidos nas diversas áreas do saber e instigar os investigadores e inovadores a explorarem em conjunto os mecanismos de mobilização de recursos para actividades de investigação, transferência de tecnologia científica e inovação tecnológica, conducentes à criação de soluções aos problemas que promovem o desenvolvimento socioeconómico do país.

Segundo a directora do FNI, a realização do III Seminário Internacional de Investigação Científica e de Divulgação dos Resultados dos Projectos Financiados pelo FNI enquadra-se na implementação do plano de actividades da instituição, com enfoque ao Plano Económico e Social (PES) e Plano Operacional Anual (POA) referente ao exercício económico 2021, e em estreito cumprimento do Programa Quinquenal do Governo 2020-2024.

Com efeito, no que diz respeito ao cumprimento das metas do PQG, o FNI está a mais de 70% do cumprimento das actividades planificadas para o presente ano, sendo que, dos 518 resumos recebidos, mais de 70% são de investigadores moçambicanos, o que demonstra a grande dedicação que os jovens pesquisadores prestam à procura de soluções aos problemas que afectam o bem-estar das comunidades.

Aliás, os seminários de partilha dos resultados das pesquisas desenvolvidas e financiadas pelo FNI fazem parte das actividades do POA que são levadas a cabo anualmente, das quais a instituição se orgulha por nunca ter falhado mesmo nos tempos adversos como os de pandemia.

O FNI foi criado em 2005, com o propósito de promover a Ciência, Tecnologia e Inovação (C, T&I), através do financiamento à pesquisa, inovação e transferência de tecnologia, a entidades públicas ou privadas vocacionadas, ou com interesse no desenvolvimento de acções no domínio da ciência e tecnologia, contribuindo, deste modo, para a criação de soluções aos problemas existentes, redução da pobreza, melhoria de qualidade de vida e desenvolvimento socioeconómico de Moçambique.

Para o cumprimento da sua missão, para além dos Orçamento do Estado, o FNI conta com o apoio de parceiros programáticos, como o Governo do Reino da Suécia, através do Projecto ASD, Alemanha, a NRF da África do Sul, GRC, através dos SGCI, entre outros que têm garantido o financiamento de projectos e/ou acções no domínio da investigação científica, inovação e transferência de tecnologia.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos