O País – A verdade como notícia

FMI promete desbloquear ajuda financeira após Idai

O Governo de Moçambique fez um pedido de ajuda urgente ao Fundo Monetário Internacional (FMI). O pedido já foi analisado e o FMI prometeu disponibilizar uma ajuda financeira para ajudar Moçambique a fazer frente às consequências do ciclone Idai, segundo escreve Voz da América (Voa).

O anúncio foi feito pelo director do Departamento de África do FMI, Abebe Aemro Selassie, em Washington, nesta sexta-feira, em conferência de imprensa, mas a decisão final deverá ser tomada pelo direcção do Fundo na próxima semana.

Abebe Selassie diz que a quantia ainda tem que ser aprovada pela direcção o que poderá acontecer já na próxima semana
"Estamos a fazer tudo o que podemos para apoiar os países afectados. A ajuda a Moçambique deverá estar na ordem dos 120 milhões de dólares", disse Abebe Aemro Selassie.

"Já enviamos o pedido ao Conselho de Administração e isso será analisado na próxima semana", acrescentou.
O director para África do FMI abordou também a situação em Angola e na Guiné-Bissau.

Selassie adiantou que a instituição vem trabalhando muito de perto com o Governo angolano, cujo programa económico considerou de "muito bom" e com muita profundidade.

No caso da Guiné-Bissau, o director referiu que o FMI tem apoiado o Governo a colocar as finanças em dia, em virtude da própria situação de fragilidade financeira do país.

 

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos