O País – A verdade como notícia

Fiscalização Marítima apreende barco de pesca ilegal pertencente a República das Seychelles

A Fiscalização Marítima apreendeu, em Outubro, um barco de pesca ilegal em Cabo Delgado. Trata-se de uma embarcação que tem como origem a República das Seychelles e não tinha autorização a pesca em Moçambique.

Nem licença de pesca, nem título de propriedade, nem diários de bordo de pesca e de navegação, quanto menos o sistema de monitorização da embarcação via Satélite. Era uma embarcação ilegal que não se sabe quando entrou na costa moçambicana.  

Depois de notar a presença da fiscalização marítima, o Comandante francês, John Norris, pôs o barco em fuga. Uma atitude que lhe custará uma multa de cerca de quatro milhões de meticais e uma interdição de prática de pesca durante 36 meses em Moçambique.

Neste momento, a embarcação Ocean Storm está no Porto de Pemba, onde vai permanecer até à sua legalização.

O Ministério do Mar, Águas Interiores e Pesca diz que esta não é a primeira vez que se detectam casos de embarcações estrangeiras a praticar pesca ilegal. Aliás, Moçambique perde pelo menos 60 milhões por ano devido à pesca ilegal.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos