O País – A verdade como notícia

Final do “Nutrição” é já no sábado

O Ferroviário de Maputo e Costa do Sol batem-se, sábado, às 16h:00, no pavilhão da Universidade Eduardo Mondlane, na final do Torneio Nutrição de basquetebol em seniores masculinos. Duas horas antes, ou seja, às 14h:00, Maxaquene e A Politécnica medem forças no jogo de atribuição do terceiro lugar.

Cerca de duas semanas depois de terem sido cancelados por diagnóstico de 43 casos positivos nos testes rápidos a 88 elementos envolvidos nos dois últimos jogos do Torneio Nutrição, e a testagem PCR ter resultado apenas em quatro positivos, a final e o jogo de atribuição do terceiro lugar da prova serão realizados no pavilhão da Universidade Eduardo Mondlane.

Com efeito, às 16h:00, no jogo de decisão do título, Costa do Sol e Ferroviário de Maputo travam argumentos num duelo entre as melhores formações da competição.

Na fase regular, os dois conjuntos repartiram o protagonismo com os “locomotivas” a vencerem na primeira volta e, depois, os “canarinhos” a saírem-se melhor na segunda.

Este sábado, na final, as duas formações irão dar o seu melhor para saírem vitoriosas, até porque apresentam-se com jogadores habituados a lutarem pelos lugares cimeiros nas provas em que participam.

Um dos factores atractivos nesta partida é o facto do Ferroviário de Maputo ter tido uma boa campanha na Liga Africana de Basquetebol, prova na qual ficou na 5ª posição, e pretende defender o estatuto de campeão nacional em título.

Os “locomotivas” sofreram uma razia com a saída de vários atletas determinantes, mas não deixam de ambicionar a conquista de troféus nas provas em que participam.

Nesta fase, Milagre “Mila” Macome procura igualmente entrosar novos valores que são chamados campeões nacionais com uma perspectiva de futuro.

Com um investimento notável na contratação de atletas internacionais, o Costa do Sol não só quer contrariar o seu oponente como também “instalar uma nova ordem” no basquetebol nacional.

Os “canarinhos” apresentam-se já com mais opções, pelo que tudo farão para fechar esta participação no Torneio Nutrição com vitória.   Aliás, conquistar este troféu pode ser um factor motivacional para as competições que se seguem, com particular enfoque para o Campeonato da Cidade e Torneio de Apuramento à Liga Africana de Basquetebol.

A anteceder esta partida, Maxaquene e A Politécnica defrontam-se no duelo de atribuição do terceiro lugar. É um jogo entre duas equipas rejuvenescidas que, à partida, encaixam-se e podem proporcionar uma partida equilibrada.

 

APURAMENTO À BAL EM SETEMBRO

O Torneio de Apuramento do representante moçambicano às eliminatórias da Liga Africana de Basquetebol realiza-se entre os dias 4 e 12 de Setembro próximo. A competição contará com a participação de quatro equipas, nomeadamente Ferroviário de Maputo, campeão nacional; Costa do Sol, vice-campeão; Ferroviário da Beira, terceiro classificado, e Desportivo Maputo.

De acordo com uma nota enviada ao “O País”, os clubes deverão responsabilizar-se pelo pagamento de todas as despesas inerentes à sua participação na competição, designadamente alojamento, transporte interno e alimentação.

As quatro equipas devem assegurar o confinamento de todos elementos ligados às mesmas, sendo que estão proibidos de ter contactos com terceiros fora da competição, para além de garantirem os testes PCR até 48 horas antes do arranque da prova.

Ainda de acordo com o cumprimento do protocolo sanitário, a organização irá fazer testes rápidos aleatórios durante todas as jornadas, pelo menos uma hora antes dos jogos. Mais: garante o confinamento dos árbitros, oficiais de mesa, comissários e o delegado da Liga Moçambicana de Basquetebol.

A Liga Moçambicana de Basquetebol adverte que, em caso de desistência da prova após confirmação por escrito em impresso próprio, como definido no acto de inscrição e independentemente da antecedência do arranque da prova, implicará a suspensão da equipa por um período de dois anos de quaisquer actividades da agremiação e pagamento de uma multa graduada em 30 salários mínimos.

A prova será lançada no próximo dia 2 de Setembro, data em que se realizará o sorteio, e uma reunião técnica em local ainda por indicar.

As quatro equipas têm até o dia 2 de Setembro para fazerem a inscrição mediante o pagamento de 35. 000 mt (trinta e cinco mil meticais).

As mesmas têm a prerrogativa de inscrever 15 jogadores sem limite de estrangeiros, sendo que somente  dois podem estar na ficha de jogo.

A Liga Moçambicana de Basquetebol garante a abertura de uma janela excepcional de inscrição a partir do dia 2 de Agosto e com fecho a 2 de Setembro.

O Torneio de Apuramento será disputado num sistema de todos contra todos numa única volta, seguindo-se o cruzamento entre o primeiro e o quarto e segundo e terceiro. A final será disputada num “play-off” a melhor de três jogos a partir do dia 7 de Setembro.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos