O País – A verdade como notícia

Fim de ano: Hospital Provincial de Maputo sem sangue suficiente para responder à demanda

Foto: O País

O Hospital Provincial da Matola está a funcionar com trinta unidades a menos de sangue, das 80 necessárias. A Direcção da unidade sanitária apela para a prudência, nesta altura do ano, sobretudo para quem se fizer à estrada ao volante.

Ao mesmo tempo em que há menos dadores de sangue disponíveis, a demanda por aquele líquido vital nos hospitais do país vem aumentando, devido aos acidentes de viação que vão ocorrendo pelas estradas nacionais, agressões físicas e outros incidentes que são característicos nesta altura do ano, caracterizado pela movimentação de pessoas e bens.

No maior hospital da província de Maputo, onde nas festas do Natal foram atendidos 500 pacientes, dos quais 383 adultos e 117 crianças que padeciam de várias doenças, começam a surgir sinais de falta de sangue.

Houve ainda o registo de 32 pacientes vítimas de acidentes de viação, o que demandou a transfusão de sangue, cujas quantidades são insuficiente para responder à grande procura durante a passagem de ano.

“Para o Hospital [Provincial de Maputo] funcionar em pleno precisa de pelo menos 70 a 80 unidades de sangue, principalmente neste momento da quadra festiva devido aos traumas e acidentes de viação. Neste momento, estamos com 50 a 60 unidades de sangue”, disse Gildo Veloso, responsável pelo Serviço de Urgência e Reanimação do Hospital Provincial de Maputo.

Veloso garante que as equipas escaladas para o turno do fim de ano já estão em prontidão. “As equipas estão todas de prontidão, os colegas estão motivados, prontos para trabalhar e ajudar os pacientes. As escalas já estão feitas e vamos iniciar os nossos trabalhos”, disse.

Os pacientes vítimas de traumas, como acidentes de viação e agressões físicas, são os que mais necessitam da transfusão de sangue, pelo que a doação deste líquido vital é essencial para salvar vidas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos