O País – A verdade como notícia

Filipe Nyusi inaugura monumento dos combatentes de libertação

O Presidente da República, Filipe Nyusi, procedeu hoje a inauguração do Monumento e Centro de Interpretação dos Combatentes da Luta de Libertação, na praças do combatentes em Maputo. No seu discurso o estadista disse que o povo moçambicano tem uma longa história de rejeição, audácia e firmeza e que a celebração do dia 25 de Setembro está repleta de simbolismos.

“Para além dos 55 anos da luta de Libertação este é o ano em que se assinalam 50 anos depois do assassinato de Eduardo Mondlane”, disse Nyusi.

O Presidente disse ainda que o monumento é uma forma de eternizar os feitos dos que lutaram para libertar a pátria. “Queremos preservar a nossa eterna gratidão aos combatentes, queremos honrá-los porque sacrificaram as suas vidas para que sejamos independentes”, acrescentou.

O Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, disse que o monumento é uma forma de homenagear os combatentes.

Já, Roque Silva, secretário geral da Frelimo, falou da importância do monumento como uma forma de valorização e reconhecimento por aqueles que deram a vida pelos moçambicanos.

A infra-estrutura construída em homenagem aos combatentes custou 54 milhões de meticais.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos