O País – A verdade como notícia

Ferroviário de Nampula reforçado para lutar pelo título

Mais um campeão que vai disputar o Moçambola 2019, que quando iniciar, no sábado, no “caldeirão” do Chiveve, entre o Têxtil de Púnguè e a União Desportiva de Songo. Trata-se do Ferroviário de Nampula, que com Filipe Nyusi na presidência conquistou uma Taça de Moçambique, em 2003, e um campeonato nacional, em 2004.

Este ano, a turma da capital de Nampula vem com tudo, com objectivo de regressar às conquistas, tendo em conta os anos de seca.

Antero Cambaco sabe que não será tarefa fácil, tendo em conta o crescendo das equipas de Maputo e do centro do país, e por isso fez de tudo para reforçar a sua equipa com jogadores de grande gabarito no futebol moçambicano e internacional. Não se fez de rogado e chamou oito jogadores para reforçarem o plantel, após garantir que grosso dos jogadores que fizeram parte do plantel do ano passado permanecessem na equipa.

Aliás, era mais do que natural para uma equipa que terminou em quarto no passado, que mantivesse a base, reforçasse com jogadores renomados, e mantivesse o treinador que conhece a casa, Antero Cambaco. Jumisse, Pelembe, Zainal, Rudy e Sumbi são exemplos de quem foi chamado para garantir uma boa campanha na presente temporada futebolística. Mas há que destacar jogadores como Acácio, Cley, Lanito, Imo e Adebayor, que foram o esteio de uma equipa que chegou a estremecer os grandes da capital, deixando mesmo o Maxaquene e o Costa do Sol atrás, na tabela classificativa.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos