O País – A verdade como notícia

Ferroviário de Maputo empata em casa diante de Nampula

Nem os 90 + 4 minutos bastaram para que a “locomotiva” da capital apitasse. A crise de bons resultados, nas bandas da Machava, ainda não foi esquecida pelos adeptos. Com novo técnico, Carlos Manuel (Caló), o Ferroviário de Maputo não conseguiu, esta tarde, mesmo jogando em casa, conquistar os três pontos diante do seu homónimo de Nampula. A equipa de Caló empatou sem golos, num jogo em que comandou em termos de exibição.

Mesmo sem ter conseguido arrancar os três pontos do seu adversário, Caló mostrou-se satisfeito com a exibição da sua equipa, pois entende que nas próximas jornadas melhores resultados serão alcançados. “Estivemos melhores que o Ferroviário de Nampula, que se fechou muito bem”, disse Caló, na breve conferência de imprensa que sucede os jogos do Moçambola Zap.

Do lado do Ferroviário de Nampula, quem analisou o jogo foi Arnaldo Salvado, técnico principal dos “locomotivas” da capital do Norte. Salvado realçou a supremacia do seu adversário, mas explicou-se. “Conseguimos pontos em dois jogos difíceis: no Chimoio, na última jornada, e, agora, aqui na Machava. Para este jogo não tivemos muitas alternativas. Trouxe apenas 17 jogadores, porque não tenho mais, nem um ponta de lança. Então, tivemos que abordar o jogo de forma táctica. Logo, o empate sabe bem”, rematou Arnaldo Salvado.  
 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos