O País – A verdade como notícia

Ferroviário de Maputo apurado para as meias-finais

O Ferroviário de Maputo qualificou-se, hoje, para as meias-finais da Taça dos Clubes Campeões Africanos de basquetebol em seniores femininos após vencer o GSP da Argélia, por 83-44.

Ciente das dificuldades que poderia encontrar, o Ferroviário de Maputo apostou em defesas pressionantes (dois contra um e a toda largura de campo, em algum momento, sobre a base-armadora do GSP) e contra-ataques, fazendo um parcial de 7-0.

Extremamente fortes a defender, com as ajudas a funcionarem, as campeãs nacionais forçaram as argelinas a muitas perdas de bola e, com esclarecimento ofensivo, fecharam o primeiro quarto a vencer por 15-2.

O segundo quarto continuou a ser dominado pelo Ferroviário de Maputo com melhor rotação defensiva e clarividência no ataque. Ao intervalo, o conjunto orientado por  Iñaki Garcia vencia por uma diferença de 29 pontos: 39-8.

O terceiro quarto, sem muita intensidade, foi uma etapa na qual o técnico espanhol fez a rotatividade do seu plantel. Ainda assim, o Ferroviário de Maputo liderou a marcha do marcador: 60-25.

No quarto e último quarto, as campeãs nacionais fizeram a gestao de esforços e qualificaram-se, pelo terceiro ano consecutivo, para as meias-finais da prova.

Sara Chan foi a melhor cestinha  do jogo ao contabilizar 15 pontos, sendo ainda de destacar a prestação de Odélia Mafanela que arrancou um duplo-duplo: 11 pontos e 11 ressaltos.

Com 11 lançamentos convertidos em 17 tentados, o Ferroviário de Maputo apresentou-se com uma média de 65 porcento na linha de lançamentos livres. Ao nivel dos lançamentos exteriores, registe-se uma percentagem de 38 porcento (dez lançamentos certeiros em 26 tentados).

As campeãs nacionais contabilizaram 31 pontos em situações de perdas de bola, contra 11 do GSP.

Há, outrossim, a registar 23 pontos nas segundas bolas contra dois do GSP.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos