O País – A verdade como notícia

Ferroviário da Beira parte amanhã em busca de glória

Depois do empate a uma bola na tarde de sábado, a contar para a primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões Africanos, o Ferroviário da Beira parte, amanhã, para Argel, capital da Argélia, onde sábado disputa o acesso às meias-finais diante do USMA daquele país magrebino.

O empate caseiro compromete, de alguma forma, as aspirações dos campeões nacionais, pois um nulo em Argel coloca o USMA na próxima fase, uma vez ter marcado na casa do adversário. Assim, os campeões nacionais são obrigados a entrar a pressionar o seu adversário e procurar, quanto cedo, marcar um golo e obrigar os donos da casa a correrem atrás do prejuízo. Vale isto dizer que um golo do Ferroviário da Beira pode catapultar a equipa a ser mais ousada, contrariamente ao que aconteceu no jogo de sábado, onde jogou mais o nome do adversário do que os acontecimentos dentro das quatro linhas, tal como reconheceu o próprio treinador verde-e-branco, Rogério Gonçalves.

É que em termos de oportunidades de golo no jogo da primeira mão, os “locomotivas” tiveram mais e soberbas, na primeira parte, mas desperdiçaram, acabando por permitir que os argelinos crescessem no jogo na segunda parte.

Facto mesmo é que o resultado de um igual não tira o objectivo de qualificação às meias-finais, visto que é o objectivo da equipa moçambicana nesta competição, na sua primeira odisseia pela maior competição de clubes do continente.

E para a deslocação a Argélia, o técnico vai ter a equipa na máxima força, uma vez que não tem castigados e nem lesionados, devendo todos os que disputaram o jogo da primeira mão fazerem parte do jogo de sábado. Rogério Gonçalves poderá contar com os jogadores Willard, Edson, Cufa, Agy, Gervásio, Thomas, Amarashi, Fabrice, Nelito, Maninho, Dayo, Soarito, Babo, Chelito, Mussa, Andro, Feremba, para além da inclusão dos habituais centrais da equipa, Mambucho e Amorin, que estiveram ausentes do jogo de sábado por terem estado a cumprir castigo.

Árbitro do jogo proveniente da Gâmbia

Para o jogo do próximo sábado, no Estádio 5 de Julho (Stade 5 Juillet 1962), em Argel, a equipa de arbitragem será liderada pelo gambiano Bakary Papa Gassama, que terá como assistentes o burundês Jean Claude Birumushahu e o queniano Marwa Range. A partida terá lugar quando forem 18:30 locais (19:30 de Maputo).

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos