O País – A verdade como notícia

Ferroviário da Beira estreia-se diante do Matero Magic

Ferroviário da Beira estreia-se diante do Matero Magic (Zâmbia) na fase de apuramento da zona VI de acesso à Liga Africana de Basquetebol, prova a realizar-se no Imbizo Hall, UJ Soweto Campus, em Joanesburgo, na África do Sul. O duelo entre os “locomotivas” do Chiveve e os zambianos está agendado para o próximo dia 21 de Outubro, às 15h00.

Na segunda jornada, o representante moçambicano nas eliminatórias da BAL mede forças, dia 22, às 15h00, com o Roche Bois Warriors.

Roche Bois Warriors é um clube de basquetebol das Maurícias, com sede em Roche Bois, subúrbio de Port Louis. A equipa joga na MBBF Super League, o nível mais alto do basquetebol na Mauritânia.

Esta formação conquistou o seu primeiro campeonato nacional em 2020, depois de derrotar Mahebourg Flippers nas finais.

Como resultado, os Warriors qualificaram-se para o torneio de acesso à Basketball Africa League (BAL) pela primeira vez na sua história.

A fechar a sua participação na prova, o Ferroviário da Beira mede forças, dia 22, às 12h00, com o Cape Town Rangers, campeão sul-africano de basquetebol.

De acordo com a organização, os dois primeiros colocados desta fase de acesso à BAL, na zona VI, seguem para a outra etapa que contará com um total de 16 formações a serem escalonadas em dois grupos de oito cada.

O representante moçambicano nesta prova encontra-se há já alguns dias na capital, tendo realizado jogos de controlo com o Costa do Sol e Desportivo Maputo, dois conjuntos com os quais se bateu no Torneio de Apuramento à Liga Africana de Basquetebol (BAL).

O conjunto orientado por Luiz Hernandez pretende ocupar uma das duas primeiras posições que dão acesso à próxima fase. É neste sentido em que assegurou a renovação de contrato com William Pery, base americano que fez a diferença no Torneio de Apuramento à BAL realizado em Maputo.

Perry evidenciou-se nas transições. Mostrou ser um jogador com capacidade para acelerar, quando necessário, e pausar quando tal se impõe. Boa capacidade de fazer o passe no “timing” certo, excelente percentagem nos tiros exteriores e aproveitamento na linha de lances livres são as outras qualidades deste valoroso americano.

A primeira fase das eliminatórias da BAL será realizada de 19 a 31 de Outubro em quatro cidades africanas, a saber, Conakry (Guiné), Dar es Salaam (Tanzânia), Joanesburgo (África do Sul) e Yaoundé (Camarões).

Um total de 26 equipas africanas inscreveram-se e foram divididas em seis grupos, com 13 conjuntos a competirem na Divisão Oeste, enquanto 12 lutarão na Divisão Este.

Serve de referência recordar que os campeões da Nigéria, Angola, Senegal, Tunísia, Egipto e Marrocos se qualificaram automaticamente para a fase final da Liga Africana de Basquetebol.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos