O País – A verdade como notícia

Falta do livro nas escolas públicas dificulta ensino e aprendizagem

O Ministério da Educação distribuiu cerca de 14 milhões de livros escolares em todo o país. Entretanto, o ensino primário continua com problemas de falta de livros, facto que dificulta o processo de ensino e aprendizagem. O Ministério diz que o problema não está na insuficiência, mas sim nas formas de fazer chegar a todos alunos.

Wilson e Francisco frequentam a terceira classe na escola primária completa Av. Das FPLM, na cidade de Maputo. São amigos e partilham tudo. Até mesmo os livros, porque cada um deles não tem material completo. Tal como o restante da turma, eles copiam no quadro, por iniciativa da professora, que tem conhecimento que nem todos têm livros.

A situação de Wilson e Francisco fica mais complicada quando devem fazer as tarefas de casa. ‘’Quando tenho trabalho de casa faço cópia no quadro e chego em casa e vou a casa do meu amigo pedir livro emprestado. Faço o trabalho e vou devolver’’, conta o menino Wilson.

Já o Francisco tem a sorte de ter a irmã, que frequenta também a mesma classe por perto. ‘’Eu levo o livro da minha irmã para fazer T.P.C (Trabalho Para Casa). Nos dias em que ela não está eu chego mais cedo à escola para pedir alguns colegas o livro e fazer o trabalho’’.

A professora diz que é difícil dar aulas e fazer os alunos entenderem a matéria sem um manual ilustrativo. A professora Rosa Jaime conta que recorre sempre ao quadro para ser mais abrangente.

A direcção da Escola Primária Completa das FPLM admite que há falta de livros, entretanto, associa a falta de cuidados do próprio livro. À semelhança da Escola das FPLM, na Escola primária completa de Bagamoyo, o cenário se repete, sobretudo para a terceira classe.

Do universo dos livros distribuídos, uma parte é canalizada para as livrarias, para a venda, a fim de servir as instituições privadas. Enquanto pode-se adquirir livros nas livrarias e em outros lugares, milhares de crianças à semelhança de Wilson e Francisco continuam nas escolas públicas sem acesso ao livro de distribuição gratuita.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos