O País – A verdade como notícia

Falta água no distrito de Motaze

Cerca de 200 km separam o distrito de Magude e o posto administrativo de Motaze, na província de Maputo. A população, desta região, debate-se com a falta de água para o consumo humano. Os residentes são obrigados a partilhar a mesma água com animais.

Em busca do precioso liquido, os residentes percorrem, diariamente, mais de uma hora até aos riachos. A mesma água que serve para lavar é usada para o consumo humano, o que constitui um risco de saúde para estes residentes. São no total 480 famílias que enfrentam a escassez de água.

A solução para o problema pode estar único furo de água do distrito. A fonte com uma profundidade de 150 metros, foi aberta no ano passado, mas carece de equipamento para o seu funcionamento.

No entanto, o administrador de Magude garantiu que serão erguidos ainda este ano dez bombas de abastecimento de água naquela região do país.

Mas enquanto o problema não é resolvido população e animais vão partilhando o mesmo espaço para aquisição da água.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos