O País – A verdade como notícia

Exploração do gás natural arranca na Bacia do Rovuma

Foto: Coral FLNG

O Governo e a multinacional petrolífera italiana, ENI, anunciaram, este sábado, o início da exploração do gás Natural Liquefeito, com a introdução, com segurança, do primeiro hidrocarboneto na plataforma flutuante, a partir dos reservatórios no alto mar, na Bacia do Rovuma, em Cabo Delgado.

A boa nova foi tornada pública pela multinacional petrolífera italiana, ENI, e pelo Ministério dos Recursos Minerais e Energia, em comunicados separados.

Com a introdução de gás na planta, o Coral Sul FLNG, ou seja, na única plataforma flutuante no mundo a puxar gás de águas profundas, estará, agora, em condições de atingir o seu primeiro carregamento de Gás Natural Liquefeito no segundo semestre deste ano, colocando Moçambique no mapa dos países produtores deste produto energético.

Segundo a ENI e o Governo, “a introdução de hidrocarbonetos ocorre após a conclusão segura e oportuna das actividades de comissionamento em alto mar. A planta FLNG chegou ao local de operação final, nas águas territoriais moçambicanas no início de Janeiro de 2022. A ancoragem e conexão aos 6 poços de produção submarinos foi finalizada em Março e Maio de 2022, respectivamente”.

O ministro dos Recursos Minerais e Energia, Carlos Zacarias, refere que o alcance deste marco coloca Moçambique no mapa do grupo de países produtores de Gás Natural Liquefeito.

“Este facto terá impacto significativo nas receitas e contribuição para a segurança energética global e demonstra que as condições criadas pelo Governo, para o desenvolvimento deste projecto, permitiram a execução do mesmo dentro dos prazos”, refere Carlos Zacarias.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos