O País – A verdade como notícia

Ex-presidente da Costa do Marfim quer criar novo partido

O ex-presidente da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo, pretende criar um novo partido, assumindo a ruptura com o seu antigo partido, o FPI, e o actual líder deste, Pascal Affi N’Guessan.

O anúncio, feito na segunda-feira no final de uma reunião do comité central da Frente Popular da Costa do Marfim (FPI), partido fundado em 1982 por Laurent Gbagbo e actualmente liderado por N’Guessan, confirmou um “divórcio” cada vez mais visível entre os dois políticos, com a saída do ex-chefe de Estado das fileiras do FPI, escreve o Notícias ao minuto.

O ex-presidente, que regressou à Costa do Marfim em 17 de Junho, após ter sido absolvido de crimes contra a humanidade pela justiça internacional, dirigiu palavras duras ao seu antigo aliado e amigo.

A nota de imprensa acrescenta que o ex-presidente “não pretende travar uma batalha jurídica e por isso propõe a criação de um novo instrumento de luta”.

Agora, deverá ser formada uma comissão preparatória de um congresso para a constituição do novo partido de Laurent Gbagbo, a ter lugar em Outubro, revelou fonte do FPI citada pela AFP.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos