O País – A verdade como notícia

EUA suspendem sanções à Huawei

Nesta segunda-feira , depois da tempestade, entre  os EUA e a China ,o governo norte-americano suspendeu por 90 dias as sanções à Huawei. Um período transitório de adaptação, antes de a companhia chinesa de telecomunicações e os parceiros comerciais perderem o direito de usar componentes e programas informáticos norte-americanos.

A decisão vai permitir aos utilizadores de equipamentos Huawei continuar a utilizá-los.

A Huawei já reagiu à notícia. O fundador da empresa diz que os Estados Unidos "subestimaram a força" do grupo e prometeu não deixar Washington afectar o desenvolvimento da rede 5G.

A segurança da 5G foi tema de uma reunião de oficiais de segurança europeus e ocidentais no início deste mês. A Huawei tem estado na mira dos governos ocidentais e particularmente do governo norte-americano, por suspeita de espionagem, prática que a empresa tem negado sempre.

A guerra comercial está a deixar os consumidores apreensivos. Há quem lembre que os telemóveis não são feitos para durar muito tempo e quem, apesar de não acreditar em grandes mudanças, admita gostar de ter sido alertado para a situação, antes de ter comprado um novo equipamento.

Na quarta-feira, o presidente norte-americano, Donald Trump, impediu as empresas americanas de utilizarem equipamento de telecomunicações feito por empresas que representam um risco de segurança. Separadamente, a Huawei e 70 afiliadas foram adicionadas a uma lista negra, que as impede de adquirirem componentes dos EUA.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos