O País – A verdade como notícia

EUA sancionam russos por apoio ao programa de mísseis da Coreia do Norte

Os Estados Unidos da América (EUA) vão aplicar sanções económicas contra duas pessoas e três entidades russas, acusadas de apoiarem o programa de desenvolvimento de mísseis norte-coreano, segundo escreve a imprensa internacional.

De acordo com o Departamento do Tesouro dos EUA, citado pela Lusa, as sanções “têm como alvo um grupo de indivíduos e empresas estrangeiras que estão a auxiliar o desenvolvimento contínuo das capacidades militares da Coreia do Norte”.

Com as sanções aplicadas, bloqueia-se o acesso a qualquer activo nos EUA detido pela Apollon, Zeel-M e RK Briz.

As sanções vão mais além. Segundo escreve a Lusa, o director da Apollon, Aleksandr Andreyevich Gayevoy, e o director da Zeel-M, Aleksandr Aleksandrovich Chasovnikov, que também controla a RK Briz, são alvo de sanções.

A Coreia do Norte tem protagonizado vários testes de mísseis desde o início do ano, alegando serem para desenvolvimento de satélites.

Entretanto, para os Estados Unidos trata-se de um ensaio de “elementos de um novo sistema” de mísseis balísticos intercontinentais e, possivelmente, a Coreia do Norte poderá disparar em breve esta arma para colocar um satélite espião em órbita, segundo escreve a Lusa, que cita a AP.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos