O País – A verdade como notícia

EUA dá nota positiva ao desempenho da CNE na eleição intercalar em Nampula

A embaixada dos Estados Unidos da América (EUA), em Maputo, considera que a segunda volta da eleição intercalar em Nampula deu indicações de “ter sido em grande parte livre, justo e credível”. 

O documento assinala que a campanha e o dia da eleição foram pacíficos e calmos, a cobertura dos órgãos de informação “foi na generalidade inclusiva” e não houve casos de interferência nas actividades de campanha ou de votação.

A embaixada aprecia o trabalho das organizações da sociedade civil em observar a campanha e as eleições, e diz que o mesmo demonstra o valor do envolvimento cívico em Moçambique. “Manifestamos o nosso apreço ainda pelo trabalho das equipas das mesas de voto, que mais uma vez trabalharam incansável e continuamente desde antes da abertura dos postos de votação até ao encerramento e procedimentos de contagem”. O apreço vai também para as Forças de Defesa e Segurança pela manutenção de ordem e tranquilidade no dia da eleição.

À Comissão Nacional de Eleições (CNE), os EUA reconhecem “significativos avanços” feitos na abordagem dos problemas técnicos e administrativos relacionados com os procedimentos de votação que surgiram na primeira volta da eleição intercalar de 24 de Janeiro. “Não vimos evidência alguma que indicasse que qualquer das anomalias registadas durante a segunda volta reflectissem quaisquer problemas sistemáticos suficientes que pudessem comprometer a integridade fundamental das eleições”, lê-se no comunicado de imprensa enviado ao jornal O País.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos