O País – A verdade como notícia

EUA acusam Rússia de enviar mais sete mil soldados para fronteira com Ucrânia

Os Estados Unidos (EUA) acusaram, esta quarta-feira, a Rússia de estar a aumentar o seu contingente militar na fronteira com a Ucrânia. Segundo a Lusa, nos últimos dias, as tropas russas aumentaram em aproximadamente sete mil tropas, o que contrasta com as alegações de Moscovo de que estava a retirar parcialmente as suas Forças lá destacadas.

“De facto, confirmámos agora que, nos últimos dias, a Rússia aumentou a sua presença ao longo da fronteira ucraniana em sete mil tropas, algumas das quais chegaram hoje (quarta-feira) ”, afirmou um alto responsável da administração norte-americana, sob a condição de não ser identificado, citado pelas agências de notícias Associated Presse e France-Presse.

Para o alto-comissário do Governo dos EUA esse aumento torna a afirmação de retirada da Rússia “falsa” e alerta que a abertura pública do Presidente Vladimir Putin à diplomacia era apenas um disfarce.

Durante um discurso televisionado no início desta semana, o Presidente dos EUA, Joe Biden, afirmou que o número agora é de mais de 150 mil militares russos cercando o território ucraniano.

Já o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, afirmou também na quarta-feira não ter visto quaisquer sinais de uma diminuição da concentração das tropas russas nas fronteiras da Ucrânia, dizendo que tinha simplesmente observado “pequenas rotações”.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos