O País – A verdade como notícia

eSwatini realiza primeira marcha LGBT

Cerca de 500 activistas participaram, neste sábado, na primeira marcha Lésbica, Gay, Bissexual  e Tansgênero (LGBT) realizada no eSwatini (antiga Suazilândia), um minúsculo enclave no sul da África, governado por um monarca absoluto onde as relações entre pessoas do mesmo sexo ainda são tradicionalmente consideradas um crime.

Sob o lema "Transforme Ódio em Amar", activistas LGBTs participaram do desfile radiante e cheio de música, segundo o grupo internacional de direitos dos homossexuais All Out, que organizou o evento com a ajuda de uma campanha de crowdfunding, citado pela Agência EFE.

"Este será o dia em que o governo começará a prestar atenção em nós", diz o organizador, citado pela mesma organização.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos