O País – A verdade como notícia

Estado encaixa 13.2 biliões de meticais em nove meses

A contribuição dos chamados “mega-projectos” da indústria extractiva para os cofres públicos atingiu o montante de 13.259,9 milhões de meticais entre Janeiro e Setembro deste ano, correspondente a 8,1% da receita total cobrada pelo Estado moçambicano no período em referência.

Ao que consta do relatório de execução orçamental referente aos primeiros nove meses de 2019, consultado pelo “O País”, o peso desta rubrica (mega-projectos) cresceu 27,3% relativamente a igual período do exercício anterior.

Por sector de actividade, o ramo de produção de energia registou crescimento nominal de 94,4%, quando comparado com Janeiro e Setembro de 2018, devido ao aumento do volume de produção e comercialização.

Concretamente, o sector de energia contribuiu com cerca de 5.4 mil milhões de meticais em receitas para o Estado, contra 2.8 mil milhões de meticais, indica o relatório de execução orçamental, elaborado pelo Ministério da Economia e Finanças.

Entretanto, os sectores de exploração de recursos minerais e outros mega-projectos, registaram decréscimos de 16,2% e 9,2%, respectivamente, como resultado da queda do preço do carvão no mercado internacional.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos