O País – A verdade como notícia

Ernesto Gove ouvido hoje em Tribunal como declarante

As audições desta semana iniciam com alguns dos nomes de topo do Banco de Moçambique à data dos factos. Destaque vai para Ernesto Gove, então governador do Banco Central e Silvina de Abreu, que era Directora do departamento de relações internacionais, comunicação e imagem na mesma instituição.

Passaram já pela tenda montada na BO, 26 declarantes, gestores das empresas contratantes das dívidas ocultas, isto é, ProIndicus, Ematum e MAM, mas também das empresas accionistas destas e até de instituições reguladoras, tal é o caso do Banco de Moçambique

E a busca da prova continua esta semana, ainda com o foco no Banco Central, que teria autorizado a contratação dos empréstimos com aval do Estado, entretanto, o então governador, Ernesto Gove, dissera em 2016 não ter conhecimento.

Esta informação veio a cair por terra, até porque numa carta datada de 08 de Março de 2013, Eugénio Matlhaba, PCA da ProIndicus, solicitou ao Banco Central a homologação do acordo do empréstimo.

Seis dias depois, o Banco Central comunicou à ProIndicus a autorização da contratação do financiamento, através de um ofício subscrito por Silvina de Abreu e com o competente despacho do governador do Banco de Moçambique, Ernesto Gove, e pareceres internos.

Quer Ernesto Gove, quer Silvina de Abreu são chamados a explicar em tribunal o processo da contratação das dívidas e serão, alias, os primeiros declarantes da semana, devendo ser ouvidos na segunda-feira.

Da lista seguem Neusa Matos e Elónio Muiane, declarantes que deverão comparacer no tribunal na terça-feira.

Neusa Matos era assessora jurídica do então Presidente da República, Armando Guebuza e foi mencionada no interrogatório ao réu Renato Matusse, como vendedeira de uma casa comprada por este réu com o dinheiro do calote.

A mulher que viu o marido chorar em Tribunal e que implicada chegou a ser recolhida à cadeia, mas depois foi despronunciada vai também ser ouvida em Tribunal como declarante. Márcia Namburete é esposa do réu Sérgio Namburete e será ouvida na quinta-feira e no mesmo dia vai também prestart esclarecimentos Gilberto Mabjaia, que dele pouco se sabe.

Italma Pereira e Fernando Pereira fecham a semana. Serão ouvidos na sexta-feira. Tem ligações com o casal Leão e com a irmã de Ângela Leão, Mbanda Henning, tendo feito Negócios com esta e mais uma vez, o dinheiro do calote esteve envolvido.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos