O País – A verdade como notícia

Entre margens, Sara Jona Laisse propõe um diálogo intercultural

A ensaísta e professora universitária vai lançar, às 18 horas de terça-feira, numa sessão transmitida na página Facebook do Camões, a obra Entre margens: diálogo intercultural e outros textos.

 

Uma tentativa de estabelecer diálogos entre as culturas moçambicanas e, por vezes, entre estas e a portuguesa. É assim que Sara Jona Laisse descreve o seu novo livro. Intitulado Entre margens: diálogo intercultural e outros textos, a obra da ensaísta apresenta reflexões sobre rituais, numa perspectiva de, a partir do seu significado, símbolos e funções, analisar que diálogos é que se pode estabelecer entre as culturas envolvidas.

Fundamentalmente, para Sara Jona Laisse, que este ano integrou o júri no concurso Prémio INCM/ Eugénio Lisboa, o objectivo do livro é sempre o de demonstrar que os Homens têm a mesma essência e que não existe, nem necessidade, nem critérios científicos válidos para se estabelecer subalternidade entre umas culturas e outras. Os modos de fazer podem variar, adianta a autora, mas vezes sem conta os símbolos e as funções destes, têm o mesmo significado.

Para a ensaísta, embora o livro seja um conjunto de cónicas, “são textos fundamentados num modelo de análise de culturas de Geertz, cujo cerne é explicar e interpretar a cultura, a partir da perspectiva dos seus fazedores ou sujeitos nativos. Têm sido as explicações e interpretações dos nativos que utilizo e faço o sempre aplicando o princípio do relativismo cultural”.

Entre margens é um livro com dois cadernos, constituídos por textos publicados entre 2019 e este ano, nos jornais Sete Margens, O País e Notícias.

O livro de Sara Jona Laisse conta com um prefácio da brasileira Vanessa Riambau Pinheiro, que se dedica ao estudo da Literatura Moçambicana há anos. Para a professora de Literaturas Africanas da Universidade Federal da Paraíba, no Brasil, as crónicas do livro “revelam a multifacetada cultura moçambicana, através da perspectiva notável de uma interlocutora lúcida que analisa os factos de forma endógena sem por isso deixar que se lhe abale a capacidade crítica”

Entre margens: diálogo intercultural e outros textos, com posfácio assinado pela escritora Ana Mafalda Leite, será lançado numa sessão online, terça-feira, às 18 horas, na página Facebook do Camões. Como apresentador da obra lançada pela gala-gala edições estará Cristiano Matsinhe. A moderação da sessão foi confiada ao poeta Eduardo Quive.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos