O País – A verdade como notícia

Empresas europeias ponderam comprar gás russo em Rublos

Há empresas europeias que já tencionam aderir ao novo modelo de pagamento do gás russo em rublos.

Após a decisão da Rússia de cortar o fornecimento de gás à Polónia e Bulgária por não pagarem em moeda russa, os distribuidores de gás na Alemanha, Áustria, Hungria e Eslováquia planeiam criar contas em rublos no Gazprombank, na Suíça, para satisfazerem às exigências impostas.

O facto é que os dias para o pagamento do gás estão cada vez mais a aproximar-se ao fim para algumas empresas que pretendem adquirir o combustível russo, como, por exemplo, a Uniper e OMV.

O ultimato foi reiterado, esta quarta-feira, pelo porta-voz da Presidência Rússia, Dmitry Peskov, que assegurou que a única forma que os outros países têm para comprar o gás russo é através do pagamento em rublos, pelo que, se não o fizessem, seria cortado o fornecimento do combustível.

Empresas, como a italiana Eni, estão ainda a avaliar as suas opções, uma vez que têm até ao fim de Maio próximo para fazer o seu pagamento.

A medida imposta pela Rússia e a aceitação das empresas europeias podem prejudicar os efeitos das sanções, ameaçar a unidade do bloco e fornecer mais dinheiro à Rússia.

Esta quarta-feira, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, apelou ao bloco europeu para não aderir ao que chamou de chantagem da Rússia.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos