O País – A verdade como notícia

Emmerson Mnangagwa pede aos EUA e Europa fim das sanções económicas

O presidente do Zimbabwe, Emmerson Mnangagwa, pediu durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, aos Estados Unidos e Europa, fim das sanções económicas ao país.

"Desde que tomei posse muito foi alcançado, como os indicadores económicos a recuperarem e com a estabilização do crescimento", com a melhoria das políticas macroeconómicas e com "austeridade e disciplina fiscal", afirmou Emmerson Mnangagwa.

O presidente disse que o Zimbabwe está em transição e a tentar ultrapassar o colapso económico, com uma moeda fragilizada devido às sanções económicas ilegais impostas ao país.

Mnangagwa disse ainda que as sanções dos EUA e da Europa estão a "desacelerar o progresso" e a "punir os mais pobres e vulneráveis da sociedade".

Os EUA e a União Europeia impuseram sanções há quase duas décadas devido às violações de direitos no país. Em Agosto, os EUA colocaram na lista de sanções um ex-general do exército do Zimbabwe que comandou as tropas acusadas de matarem seis civis, há um ano, durante as eleições.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos