O País – A verdade como notícia

Embarcações para três administrações marítimas

O Ministério dos Transportes e Comunicações está a reforçar a capacidade de fiscalização, controlo das actividades marítimas, bem como busca e salvamento, em caso de ocorrência de acidentes marítimos.

Trata-se de um lote de três embarcações flexíveis, com motor fora de bordo alocadas às administrações marítimas de Nacala e Angoche, em Nampula, e Pemba, capital de Cabo Delgado.

Avaliadas em cerca de 39 milhões de meticais, as embarcações foram adquiridas pelo Governo para responder à necessidade de dotar as administrações marítimas, órgãos locais do Instituto Nacional da Marinha (INAMAR), de meios para o reforço da segurança no transporte de pessoas e bens na costa moçambicana. Falando na cerimónia simbólica de entrega das embarcações, o ministro dos Transportes e Comunicações disse que o Governo continuará a alocar meios diversos para que as autoridades marítimas cumpram com o seu papel de monitoria do transporte de pessoas e bens no mar.

Quanto à falta de rebocador no Porto de Pemba, Carlos Mesquita explicou que em breve será alocado um rebocador vindo do Porto da Beira para garantir manobras seguras de atracação e desatracação de navios, particularmente os petroleiros.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos