O País – A verdade como notícia

Em poucas horas o “Licungo” pode transbordar, mas ainda há famílias em risco

Ainda há perto de 30 famílias a viverem nas margens do rio Licungo que deverão ser retiradas dentro de 24 horas, período que se prevê que aquela bacia hidrográfica atinja os níveis de alerta, causando inundações.

O INGC garante ter meios posicionados em caso de interrupção das vias de acesso.

Dentro de 24 horas, o rio Licungo poderá libertar mais água e atingir os níveis de alerta, causando inundações para os distritos e povoações arredores bem como condicionar a transitabilidade rodoviária.

Este alerta é lançado depois de as autoridades terem retirado cerca de 246 famílias das margens do rio para as zonas seguras em Mocuba, mas 30 ainda continuam na zona de risco.

O que também está a ser feito pelo Instituto Nacional de Gestão de Calamidades é o posicionamento de meios para garantir a mobilidade das pessoas em bens face à possível interrupção das vias de acesso.

A Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos prevê condicionamento do trânsito entre os distritos de Lugela-Milange, Namacurra e Maganja da Costa.   

Aos distritos em risco de inundações e à sociedade no geral, as autoridades apelam para a tomada de medidas de precaução e o cumprimento das recomendações.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos