O País – A verdade como notícia

Electrificação de novo distrito na Zambézia custa um milhão de dólares

O projecto de electrificação de Morrumbala ao novo distrito de Derre na Zambézia já está em fase bastante avançada. São cerca de 86 quilómetros de extensão de cabos e postes, dos quais em cerca de 50 quilómetros já foram instalados postes para se seguir o lançamento de cabos de energia de media tensão.

O projecto esta avaliado em um milhão de dólares. O Presidente do Conselho de Administração da EDM, Mateus Magala, visitou os trabalhos para apurar os níveis de execução das obras e constatou que os mesmos estão a decorrer a bom ritmo e que tudo está a postos para que até Dezembro o distrito recém-criado seja electrificado.

E porque a electrificação da rede nacional passa pela localidade de Mepinha, no distrito de Morrumbala, PCA da EDM aproveitou o momento para conversar com populares. “Ter energia não é nenhum luxo, e todos os moçambicanos têm direito de ter energia em suas casas. Aliás, a energia é nosso recurso e, por isso, estamos a fazer de tudo para colocar iluminação até Dezembro no distrito Derre”, disse o PCA, apelando à população da localidade de Mepinha a preparar-se para receber energia.

A EDM quer que a população use a energia para desenvolver suas vidas. Já, em Derre, o administrador, Santiago Marques, fez saber que a chegada de energia em Dezembro vem mostrar que o Governo preocupa-se com o bem-estar da população.

De acordo com o administrador, o distrito depende de grupos geradores para a sua iluminação, mas tal só acontece quando há dinheiro para o efeito. Por isso, disse Marques, por vezes a vila fica iluminada e outras às escuras. O projecto de electrificação de quatro novos distritos na zona centro, dos quais três na Zambézia e um em Tete, está orçado em 18 milhões de dólares americanos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos