O País – A verdade como notícia

Eldevina Materula retorna às actuacões no concerto de fim-de-ano do Xiquitsi

A Ministra da Cultura e Turismo foi convidada a actuar no concerto de fim-de-ano da Temporada de Música Clássica de Maputo – Xquitsi. A sessão vai realizar-se às 18 horas de sábado, na Galeria do Porto de Maputo.

 

Conforme a recomendação do Presidente da República, a Ministra da Cultura e Turismo não abandou a música e tão-pouco os palcos. 11 meses depois da nomeação para integrar o Governo, Eldevina Materula ou, para quem preferir, Kika Matereula, vai apresentar-se no concerto de fim ano da Temporada de Música Clássica de Maputo – Xiquitsi.

Esta edição do programa musical terá a particularidade de contar com dois alunos do Xiquitsi que estudam na Escola Superior de Música de Lisboa, em Portugal, nomeadamente, Florêncio Manhique (Violoncelo) e Kledy Alfainho (Viola d’arco). Ambos regressam à cidade de Maputo para se juntarem aos colegas. Assim, os instrumentistas vão tocar pela primeira vez na condição de solista na Temporada de Música Clássica de Maputo.

De acordo com Eldevina Materula, este é um momento muito particular porque, quando o Xiquitsi foi criado, uma das pretensões da Associação Kulungwana foi reverter a favor dos moçambicanos a elevada participação de 99% de solistas estrangeiros convidados. “O nosso propósito foi o de aumentar o número de solistas moçambicanos. Estamos a conseguir ao longo de muitos anos de trabalho”.

Para Eldevina Materula, o concerto de fim-de-ano da Temporada de Música Clássica será muito especial, até porque, desta vez, actua na qualidade de convidada. “Eu confesso que estou muito emocionada. Este ano vou pisar o palco pela primeira vez e vamos trazer algumas surpresas com certeza”.

Porque o concerto acontece num contexto muito particular, os acordes do Xiquitsi irão levar ao público que vai acompanhar a sessão, no local ou através da página Facebook do Xiquitsi, uma mensagem de esperança. E o concerto será muito pedagógico. “Vamos mostrar que é possível juntar tantos músicos no palco e prevenirmo-nos da pandemia da COVID-19”. Reforçou a Ministra da Cultura e Turismo: “Estamos muito atentos a esta questão. Infelizmente, nos últimos tempos, temos observado, com muito desagrado, muitas infracções no âmbito da prevenção da COVID-19. Queríamos apelar, neste período de festas, e este concerto é de final de ano, para manterem a prevenção da pandemia da COVID-19. Que não nos esqueçamos que esta pandemia continua a devastar vários países do mundo. Nós, felizmente, e devido às medidas tomadas por Sua Excelência o Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, aquando da declaração do primeiro Estado de Emergência, hoje, somos dos países menos afectados. Queremos assim continuar. Para tal, temos de contar com a colaboração de todos”.

O concerto de fim-de-ano do Xiquitsi conta com Direcção Musical de Eldevina Materula. Já a Direcção Coral foi confiada à portuguesa Ágata Rica, que tem colaborado com a Temporada de Música Clássica de Maputo. Outra professora que integra o elenco é a japonesa Maya Egashira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos