O País – A verdade como notícia

Eduardo Jumisse deixa Black Bulls para treinar Desportivo da Matola

Foto: Eduardo Jumisse

Eduardo Jumisse já não é treinador-adjunto da Black Bulls. O jornal “O País” sabe que o técnico será apresentado esta terça-feira como o novo treinador principal do Desportivo da Matola, clube que milita na segunda divisão.

Não houve nem estreia no banco técnico dos “touros”, e o antigo internacional moçambicano já está de saída da casa dos campeões nacionais.

Eduardo Jumisse, segundo apurou o jornal “O País”, deverá assinar por uma época com os “matolenses”, na qualidade de técnico principal daquele emblema, e o principal objectivo passa por qualificar a formação da Divisão de Honra ao Moçambola.

Na Black Bulls, para além de coadjuvar Inácio Soares, na equipa principal, Jumisse era a principal aposta para a formação de novos talentos.

Eduardo Jumisse, que actuava como médio-defensivo, já representou em Portugal, o Portimonense, Gil Vicente, Cinfães e União da Madeira, Leixões. Ainda no estrangeiro vestiu as cores do FC Vaslui, da Roménia, Ermis Aradippou, do Chipre e ainda pelo 1º de Agosto de Angola.

Antes de sair do país jogou pelo Maxaquene, Liga Desportiva de Maputo e União Desportiva do Songo, tendo pendurado as botas em 2020, depois de se tornar no principal reforço do Ferroviário de Nampula.

O ex-médio-defensivo estreou-se na selecção nacional, em Junho de 2010, tendo vestido as cores dos Mambas por 23 vezes, sem registo de golos marcados.

Concluída a sua carreira de futebolista, Jumisse, actualmente com 37 anos, iniciou os primeiros passos para se tornar treinador. Na semana passada até fez parte da equipa técnica que arrancou com os trabalhos de preparação da época futebolística 2022, da Black, mas tudo indica que a sua estreia num clube de futebol será ao leme do Desportivo da Matola, que deverá oficializar o técnico, esta terça-feira.

Com o nível “C” da CAF, adquirido recentemente, após uma formação ministrada pela Federação Moçambicana de Futebol, Eduardo Jumisse estreou-se num banco técnico com a selecção nacional, na penúltima jornada de qualificação ao Mundial do Qatar, como assistente de Chiquinho Conde, em Outubro do ano passado, diante dos Camarões.

Eduardo Jumisse deverá assumir o Desportivo da Matola em substituição de Gervásio Mavume.

 

SUBSTITUTO DE JUMISSE JÁ EXISTE E É PORTUGUÊS

O director desportivo da Black Bulls, Dino Dulá, começou por confirmar a saída do treinador Eduardo Jumisse, que tinha assinado um contrato com a colectividade válido até ao final da temporada 2022.

Segundo a direcção da Black Bulls, a rescisão do contrato com o treinador moçambicano, Eduardo Jumisse, foi amigável. Dino Dulá explica que Eduardo Jumisse apresentou a vontade de avançar para outros desafios.

“Ele teve uma nova oportunidade para trabalhar no Desportivo da Matola e ele pediu que entrássemos em um acordo para a rescisão de contrato e também porque seria uma oportunidade única para ele, já que vai ser o treinador principal do Desportivo da Matola”,

A Black Bulls revelou no momento que para o lugar de Jumisse, na equipa principal, a colectividade foi ao estrangeiro buscar um técnico português, sendo que para orientar as camadas de formação a aposta será Jaime Mazive, treinador formado em Educação Física.

“Jumisse em princípio ia assumir o cargo de treinador principal da equipa júnior, neste momento nós já reestruturamos e ficamos com Jaime Mazive como treinador da equipa principal dos juniores e para a equipa técnica entrou Tiago Quaresma, que é um treinador português, que já vai chegar no final deste mês, e irá ocupar a vaga deixada pelo Jumisse”, avançou.

Tiago Quaresma, de 35 anos de idade, tem passagens pelo Padroense, Alfenense, Pasteleira, e mais recentemente pela equipa B do Leixões, estas duas últimas formações da Série 1 da 2ª Divisão Distrital do Porto, em Portugal.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos