O País – A verdade como notícia

Eduardo dos Santos garante não ter deixado cofres do Estado vazios

 

 O ex-Presidente angolano José Eduardo dos Santos disse na manhã desta quarta-feira em Luanda que não deixou os cofres angolanos vazios, contrariando as declarações do actual presidente angolano, João Lourenço, numa entrevista ao jornal português, Expresso, em que disse que quando assumiu o poder encontrou os cofres vazios ou a serem esvaziados.

 “Não deixei os cofres do Estado vazios, quando na segunda quinzena do mês de Setembro de 2017, fiz a entrega das minhas funções, ao novo Presidente da República, nessa altura mais de 15mil milhões de dólares o Estado tinha nas contas do BNA – Banco Nacional de Angola, como reservas internacionais liquidas”, afirmou o ex-Presidente de Angola, numa declaração aos jornalistas sem direito a perguntas, na sede da Fundação Eduardo dos Santos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos